quinta-feira, 28 de julho de 2022

EGOÍSTA - VIDA - JUNHO 2022



A Vida


Dizem que uma criança deixa de o ser quando percebe que a morte existe.
Como se essa percepção fosse o vislumbre da curteza da vida.
Demasiado curta sem ser pequena...
Demasiado grande para ser negligenciada!
Pois que ninguém sabe quando acontece esse misterioso dia que traça o meridiano entre a vida já vivida e a que nos resta viver.
E assim existimos, cientes da certeza da finitude, reféns da incerteza do seu desfecho...
Esse, o rotineiro ciclo da vida: somos crianças e brincamos; somos adolescentes e transgredimos; somos adultos e contabilizamos; somos velhos e recordamos.
Mas a vida não é uma rotina, qual somatório de dias ao sabor de indulgente acaso.
Porque a vida é uma batalha sem vencedores nem vencidos.
Uma batalha com protagonistas desiguais: apenas nós e a Humanidade!
Nesse confronto reside o nosso ensejo de afirmação, o propósito de Ser, a chancela com que assinamos a tela da vida.
Uma tela de luz e sombras, pintada com o rigor de perspectivas onde se diluem as sombras e se iluminam os sonhos.
E os sonhos nunca envelhecem!
Como se cada sonho vivido fosse um extenso nascimento...
Um nascimento que é benção, numa vida que é uma lição.
Uma lição tão fugaz, quão urgente é aprendê-la.
Como se o hoje fosse tardio e o ontem desperdiçado.
Até que o coração faleça e a alma sobreviva.
Do coração fica a memória; da alma, a interrogação:
nasce-se para morrer ou morre-se para renascer?
Se Deus existe, só Ele conhece a resposta!

Editorial de Mário Assis Ferreira

EGOÍSTA - 21 ANOS - 94 PRÉMIOS

A revista "Egoísta" está à venda no Clube IN do Casino Estoril e do Casino Lisboa.


 

sexta-feira, 15 de julho de 2022

AUDITÓRIO DO CASINO ESTORIL - Estreia do Musical "7 - OS ANOS 70" de Henrique Feist

Isabel Nogueira
Henrique Feist, Catarina Clau, Débora Gonçalves e Valter Mira
Lili Caneças
Sofia e António Gentil Martins
Sandra e Júlio Isidro
Maria José Galvão de Sousa e Humberto Leal
Raquel Rocheta e Mariana Cruz
Luís Paralta, assessor de comunicação da Estoril Sol e Liliana Soares, da Artfeist
José Carlos Antunes, Serenella Andrade, Miguel e Bernardo Andrade Antunes
Paulo Sassetti, Helena Ribeiro, Júlio Isidro e Isabel Nogueira
Gilda Paredes Alves
José Manuel e Cristina Malhão-Pereira
Isabel Nogueira e Paulo Sassetti


"7 - OS ANOS 70" | O Musical de Henrique Feist

ESTREIA NO AUDITÓRIO DO CASINO ESTORIL


Quinta-feira 14 de Julho de 2022, marquei presença no emocionante espectáculo de estreia "7 - OS ANOS 70". Uma produção Artfeist.

O novo espectáculo de Henrique Feist, "7 - OS ANOS 70", leva-nos a recordar os acontecimentos mais marcantes da década de 70, cantados através da música de inquestionável sucesso à época. Foi na música, que os anos 70 ganharam a sua maior expressão de individualismo e de libertação.

A peça de teatro musical "7 - OS ANOS 70" conta com a participação de Henrique Feist, Valter Mira, Catarina Clau e Débora Gonçalves. A direcção musical é de Nuno Feist.

O Dress-code para a estreia era "Roupa dos anos 70".

O ciclo de representações renova-se de sexta-feira a domingo, às 22 horas.





 
 

segunda-feira, 11 de julho de 2022

QUINTA DO CASAL BRANCO | Concerto AGA KHAN MASTER MUSICIANS encerra FESTIVAL ENTRE QUINTAS RIBATEJO'22

Isabel Nogueira
José Lobo de Vasconcelos, Administrador da Quinta do Casal Branco, Teresa Schönborn, Condessa de Schönborn-Wiesentheid, Administradora da Casa Cadaval e S.A Príncipe Amyn Aga Khan
S.A Príncipe Amyn Aga Khan - Patrocinador, pelo segundo ano consecutivo, do "Festival Entre Quintas"
S.A.R. Senhora Dona Isabel de Bragança e Dom Afonso de Herédia
José Lobo de Vasconcelos, Embaixador António Monteiro e Maestro Nikolay Lalov
Marie Claude Parnaud de Bragança e Dom Pedro de Bragança (Lafões)
Maria Francisca Lobo de Vasconcellos (Marim); José Lobo de Vasconcelos e Sofia Lobo de Vasconcellos Michalski
João Marim; Ana Horta Machado de Sousa; Maria Francisca Lobo de Vasconcellos (Marim) e João Horta Machado
Isabel Nogueira e João Horta Machado da Dazzle Comunicação e Relações Públicas
João Mourão Rosa, Isabel Nogueira, Sofia Hoffmann e Pedro Costa Pinto
Sofia Hoffmann e José Lobo de Vasconcellos
João Horta Machado, Isabel Nogueira, Sofia Hoffmann e José Lobo de Vasconcelos
João Horta Machado, João Mourão Rosa, Isabel Nogueira e Pedro Costa Pinto
João Mourão Rosa, Isabel Nogueira, Sofia Hoffmann e Pedro Costa Pinto
Filipe Faísca e Mário Janeiro
CONCERTO AGA KHAN MASTER MUSICIANS
Os discursos de abertura do espectáculo, do Maestro Nikolay Lalov (OCCO): Teresa Schönborn e José Lobo de Vasconcelos
Concerto de 60m do grupo musical AGA KHAN MASTER MUSICIANS
Os AGA KHAN MASTER MUSICIANS em plena actuação
Aos 5 elementos que integram os AGA KHAN MASTER MUSICIANS juntaram-se 3 jovens músicos da (OCCO) para as últimas 3 interpretações musicais
No final, flores para todos os músicos

FESTIVAL ENTRE QUINTAS Ribatejo'22

QUINTA DO CASAL BRANCO

Mágico, foi o concerto de encerramento do FESTIVAL ENTRE QUINTAS Ribatejo'22, realizado na QUINTA DO CASAL BRANCO em Almeirim, pelos AGA KHAN MASTER MUSICIANS. 

O Largo da Capela da casa Lobo Vasconcelos, Quinta do Casal Branco, acolheu na tarde de domingo 10 de Julho, o concerto de encerramento do FESTIVAL ENTRE QUINTAS Ribatejo'22, pelos AGA KHAN MASTER MUSICIANS. Espectacular.  Contou com a presença do Príncipe Amyn Aga Khan, S.A.R a Senhora Dona Isabel de Bragança, Teresa Schönborn, anfitriã e Administradora da Casa Cadaval, entre outras personalidades.

Foram sessenta minutos de puro deleite para os sentidos, com os sons incríveis produzidos por diversos instrumentos musicais, que nos transportaram a outras paragens, no médio oriente.

O FESTIVAL ENTRE QUINTAS, já na sua 3ª edição, é uma organização conjunta de duas quintas seculares, a Casa Cadaval e a Quinta do Casal Branco, em parceria com a Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras (OCCO), dirigida pelo maestro e director artístico Nikolay Lalov.

José Lobo de Vasconcelos, administrador da Quinta do Casal Branco, declarou ao INParties que o Festival Entre Quintas "foi uma experiência fantástica, que nos dá muito prazer a todos, partilhamos o que temos, conhecemos novas pessoas, temos um óptimo ambiente". Revelou ainda que nos 10 concertos entre as duas quintas, contaram com a presença de cerca de 2000 pessoas. À afimação de ser uma aposta ganha respondeu "nós não estamos aqui a tentar que isto seja um proveito para a Quinta do Casal Branco e para a Casa Cadaval, isto é sobretudo uma tentativa de trazer para esta zona coisas, que de outra forma não aparecem tão facilmente. É um esforço grande criar um programa, que é exigente em termos de execução e que custa dinheiro, arranjar sponsors, patrocinadores; não pode ser a Casa Cadaval e a Quinta do Casal Branco a custear, pois o custo é grande. É sobretudo tentar envolver diferentes instituições. As Câmaras estão muito contentes, com estas iniciativas. No fundo, criar parcerias, pontes, ligações, é muito importante e, sobretudo, trazer a Cultura para fora das grandes  cidades, onde a oferta é enorme, as pessoas muitas vezes nem aproveitam e aqui estão ansiosas disso, e isso é visível nas plateias que temos tidos."

No final do espectáculo foi servido um "Monge de Honra". Espumante de referência na região do Tejo, produzido pela Quinta do Casal Branco.

O evento terminou com um jantar para sponsors, na sala da caldeira da adega da Quinta do Casal Branco, para o qual fui convidada e onde tive o privilégio de ouvir, de viva voz, por José Lobo de Vasconcelos, que a Duquesa de Bragança, Senhora Dona Isabel de Bragança, presente no jantar, aceitou ser Presidente da 'Associação de Amigos do Festival Entre Quintas'. Após felicitá-la pela indigitação, a Senhora Dona Isabel de Bragança, disse-me pessoalmente, tratar-se de um cargo de grande responsabilidade.

Alguma fotografias foram cedidas por João Bettencourt de Bacelar.





 

sábado, 9 de julho de 2022

FAROL HOTEL | UM DIA NA PISCINA E ALMOÇO COM OS SABORES DO MENU VERÃO 2022 DO BAR FAROL "ON THE ROCKS"

Isabel Nogueira
A piscina do Farol Hotel | Um cenárioparadisíaco
Piscina Atlântica- Agua bombeada do mar - on the rocks
Manhã para nadar e apanhar sol
O Bar FAROL tem nova carta - SNACKS - Verão 2022
ALMOÇO NA PISCINA
1º Prato: Salada "On the Rocks" com vieiras grelhadas e molho Caesar

2º Prato: Bao de pato à Pequim, alho francês e molho hoisin
SOBREMESA
Crème Brûlée de chocolate e shot de whiskey
A tarde para desfrutar deste cenário idílico e convívio com amigos
A vista diante dos meus olhos, de cortar a respiração

FAROL HOTEL - "on the water

O BAR FAROL "ON THE ROCKS" TEM NOVA CARTA - SNACKS - VERÃO 2022

UM DIA PASSADO NA PARADISÍACA  PISCINA DO FAROL HOTEL E AO ALMOÇO DEGUSTAR OS SABORES DA NOVA CARTA - SNACKS - VERÃO 2022 


Hoje sábado 09 de Julho de 2022, fui passar o dia à piscina do FAROL HOTEL. Aproveitei para almoçar e deleitar-me com os sabores da nova carta - Snacks - verão 2022.

Estamos no verão e Portugal atravessa uma vaga de calor, com temperaturas altas, que noutros tempos considerariamos normal para a época. 
Tempo que sugere proximidade com a água, seja ela do rio ou do mar.

A Vila de Cascais é banhada pelo Oceano Atlântico e o FAROL HOTEL de cinco estrelas, tem uma localização priviligiada, sobre as rochas e surge como o lugar ideal, para se estar na piscina de água salgada, bombeada directamente do mar "on the rocks".

Ao almoço, com a nova carta do Bar Farol "on the rocks", tive uma experiência gastronómica de luxo. Comecei a minha viagem gastronómica, com uma salada de vieiras, fenomenal, mas o meu destaque vai para o surpreendente Bao de pato à pequim, em pão de cozedura lenta a vapor, absolutamente fabuloso. Terminei com outra surpresa uma sobremesa de sabores incríveis, o Crème brûlée de chocolate. Divino.




 

terça-feira, 5 de julho de 2022

CASA CADAVAL Inaugura FESTIVAL ENTRE QUINTAS | Ribatejo'22 com GALA DE ÓPERA em Muge

Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, dirigida pelo maestro Nikolay Lalov

 CASA CADAVAL - Muge

Inauguração do FESTIVAL ENTRE QUINTAS Ribatejo'22 com GALA DE ÓPERA

Brilhante interpretação da Soprano Rita Marques, que nos brindou com genialidade, obras de G. Rossini, G. Puccini, G. Verdi e G. Bizet, acompanhada pela Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, dirigida pelo Maestro Nikolay Lalov


Teresa Schönborn, Condessa de Schönborn-Wiesentheid, administradora da Casa Cadaval, foi a anfitriã perfeita da GALA DE ÓPERA, concerto de inauguração do FESTIVAL ENTRE QUINTAS Ribatejo'22, que se realizou na sexta-feira 01 de Julho de 2022, em Muge. Contou com a presença de S.A.R. a Senhora Dona Isabel de Bragança e de José Lobo de Vasconcelos, anfitrão e CEO da Quinta do Casal Branco, quintas com história secular ambas organizadoras deste grandioso evento, que alia o prazer musical, à experiência vitícola.

O Festival Entre Quintas, pretende também homenagear as figuras emblemáticas de Olga Cadaval e Maria Lívia Braamcamp Sobral, senhoras de grande cultura e sensibilidade artística, que deram renome às propriedades que administraram, Casa Cadaval e Quinta do Casal Branco respectivamente.

O programa cultural eclético compreende, até 8 de julho mais quatro espectaculos promovidos pela Casa Cadaval.

Esta 3ª edição do Festival Entre Quintas, iniciativa para a promoção musical, cultural e artística na região do Ribatejo, encerra a 10 de Julho na Quinta do Casal Branco, em Almeirim, com um concerto ao ar livre com interpretação e obras próprias de Aga Khan Master Musicians, com início às 18h00.

A Quinta do Casal Branco acolherá cinco dos dez concertos do "Festival Entre Quintas Ribatejo'22", entre os dias 3 e 10 de Julho, em espaços abertos e na sua adega de 1817, a primeira industrial da região do Tejo.

Bilhetes para o Festival à venda na Ticketline e também na recepção das quintas co-organizadoras: Casa Cadaval e Quinta do Casal Branco.






quinta-feira, 16 de junho de 2022

TEATRO POLITEAMA | Estreia do Musical “MULHERES À BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS" | Almodóvar

Isabel Nogueira e Filipe La Féria
"MULHERES À BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS"
COCKTAIL DINATOIRE de BOAS-VINDAS no HOTEL THE ONE Palácio da Anunciada
Isabel Nogueira
Alexandra e José Gaspar
Alexandra, Sandra e Júlio Isidro
Maria Herédia e João Pedro Gomes
Isabel Nogueira e Mafalda Vasconcellos
Maria José Galvão de Sousa e Humberto Leal
Jakob e Ana Dammann
Paulo Faustino, Lili Caneças e Maria Amélia Valle-Flor
Mercedes e Virgílio Seco, Maria Herédia e João Pedro Gomes
Gonçalo Melo e Isabel Nogueira
A Passadeira Amarela estendida desde o THE One até ao Politeama, fervilhava de animação ao som das canções e danças sevilhanas
Sobre os tablados, as danças e canções sevilhanas animaram a chegada dos convidados ao Politeama
Michel e Isabel
TEATRO POLITEAMA
Isabel Palmela
A presença do Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa ede Carlos Moedas, Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, manteve a imprensa atenta
MULHERES À BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS


O elenco
Ao elenco juntou-se o genial Filipe La Féria, para os agradecimentos
O elenco, cenógrafo, técnicos e toda a equipa que torna possível este grandioso espectáculo


“MULHERES À BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS” 

Estreia do Musical de Almodóvar, por Filipe La Féria no Teatro Politeama em Lisboa

Filipe la Féria trouxe a Broadway até ao Politeama. O musical, "MULHERES À BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS'', é uma comédia hilariante, baseada na obra prima de Pedro Almodóvar.

A estreia do Musical "MULHERES À BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS", dos melhores espectáculos de Filipe La Féria, decorreu na quarta-feira 15 de Junho no Teatro Politeama em Lisboa. Contou com a presença do Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa e de Carlos Moedas, Presidente da Câmara Municipal de Lisboa.

“Mulheres à beira de um ataque de Nervos” tem como protagonistas Paula Sá, Rita Ribeiro, Carlos Quintas, Filipa Cardoso e Paula Marcelo. Conta ainda com oito bailarinos coreografados por Marco Mercier, uma orquestra ao vivo dirigida pelo maestro Miguel Teixeira e direcção vocal de Tiago Isidro.

A estreia deste grandioso espectáculo, foi antecedida por um cocktail dinatoire de recepção, no Hotel THE ONE Palácio da Anunciada, com tema para o dress code, As Cores de Almodóvar”.

Rua fechada ao trânsito. Passadeira amarela estendida desde o THE ONE até ao Politeama, onde se faziam ver e ouvir, sob os tablados distribuídos ao longo do percurso, as canções, os sons e as danças sevilhanas, de grande impacto visual. 

O Espectáculo que Lisboa aguardava há muito. Recomendo vivamente!