sexta-feira, 19 de julho de 2019

AUDITÓRIO DO CASINO ESTORIL - Estreia do Musical “OIÇAM OITENTAMENTE" de Henrique Feist

 Isabel Nogueira
 "Oiçam Oitentamente"
 Eládio Clímaco
 António Gentil Martins e Filipa Gentil Martins
 Isabel Nogueira e Teresa Wong
"OIÇAM OITENTAMENTE"


"OIÇAM 80MENTE"

No Auditório do Casino Estoril

Estreou na passada quarta-feira 17 de Julho, no AUDITÓRIO DO CASINO ESTORIL, o Musical "OIÇAM OITENTAMENTE", de Henrique Feist. Uma bela produção da Artfeist.

No Musical "Oiçam Oitentamente", sob a direcção artística de Nuno Feist, sobem ao palco, Henrique Feist, Mariana Pacheco, Diogo Leite e Valter Mira, para num enquadramento revivalista, dinâmico e durante duas horas, recordar os ícones musicais da década de oitenta.

Está em cena todas as sextas e sábados pelas 21h30 e aos domingos às 18h00.

quinta-feira, 18 de julho de 2019

CONSULADO HONORÁRIO DA REPÚBLICA DE SÃO MARINO - Cerimónia de Inauguração no HOTEL PALÁCIO ESTORIL

 Isabel Nogueira
 José Góis Chilão - Cônsul Honorário da República de São Marino
 Pedro Morais Soares, Presidente da Junta de Freguesia de Cascais e Estoril e José Góis Chilão descerram o escudo do Consulado 
 O escudo do Consulado da República de São Marino, exposto na fachada do Hotel Palácio Estoril
 Discursaram Pedro Morais Soares e José Góis Chilão
 Pedro Morais Soares, José Góis Chilão e Pe Nuno Coelho
 Carlos Pissarra, Francisco Correa de Barros e Miguel Vraux Laranjeiro
 José Góis Chilão e Paula Bouhon
 Fernando Hipólito e Elsa Matias
 Cristina Santos Silva e José Melo Pinto
 Pietro Dal Fabbro e Cristina Varandas
 Paulina e António Figueiredo
 Gilda Paredes Alves
 Emily Liu 
 Júlia Milne e Carmo e Francisco Sequeira
 João Filipe Serrano de Almeida, Gilda Paredes Alves e Don Álvaro de Mora e Aragón
 Frederico Chilão, Marcelle Bouhon, José Góis Chilão, Paula Bouhon, Cristina Sauthier e Francisco Chilão
 Don Álvaro de Mora e Aragón, Miguel Vraux Laranjeiro, João Filipe Serrano de Almeida e Isabel Nogueira
José Chilão, Isabel Nogueira, Frederico e Francisco Chilão

Consulado Honorário da República de São Marino
 Cerimónia de Inauguração

José Góis Chilão é o novo Cônsul Honorário da República de São Marino, na região de Lisboa. Presidiu na passada quinta-feira 17 de Julho, juntamente com Pedro Morais Soares, Presidente da Junta de Turismo de Cascais e Estoril, à cerimónia de inauguração e ao descerramento do escudo do Consulado, instalado no mítico HOTEL PALÁCIO ESTORIL. Contou com a ilustre presença, do Padre Nuno Coelho, da Paróquia de Cascais.

José Góis Chilão, que agora ocupa o lugar de Cônsul Honorário da República de São Marino, é Licenciado em Ciências Jurídicas pela Faculdade de Direito da Universidade Livre de Lisboa, é também Doutorado em Relações Internacionais, especialidade de Estudos de Segurança e Estratégia, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade Nova de Lisboa  (UNL). É Managing partner da José Góis Chilão & Associados - Sociedade de Advogados, RL, onde exerce advocacia desde 1987.

A cerimónia encerrou, com um Porto de Honra, servido a todos os presentes, no terraço do Hotel Palácio Estoril.



segunda-feira, 15 de julho de 2019

CASINO ESTORIL - Concerto do Coro Gulbenkian "VEM CANTAR MUSICAIS DA BROADWAY no Salão Preto e Prata

 Isabel Nogueira
"VEM CANTAR MUSICAIS DA BROADAY" com o Coro da Gulbenkian
 Coro Gulbenkian com a solista Clara Pinto e sob a direcção do Maestro Jorge Matta
 João Barradas no Acordeão, Óscar Graça ao Piano, Nelson Cascais no Contrabaixo, Bruno Pedroso na Bateria

Maestro Jorge Matta a puxar pela audiência

Concerto Coro Gulbenkian

"VEM CANTAR MUSICAIS DA BROADWAY" no Salão Preto e Prata


O Salão Preto e Prata do Casino Estoril, acolheu no passado domingo 14 de Julho o magnífico Concerto do Coro Gulbenkian, "VEM CANTAR MUSICAIS DA BROADWAY, sob a direcção do Maestro Jorge Matta.

O espectáculo "VEM CANTAR MUSICAIS DA BROADWAY", que literalmente nos convidou a cantar, com o Coro Gulbenkian, fez uma brilhante viagem, por alguns dos mais emblemáticos Musicais da Broadway, como "West Side Story", "Mary Poppins", "Sound of Music", "Evita", "Les Miserable", "Cats", "The Phantom of the Opera", "The Prince of Egypt", "Lion King", entre outros.

O Coro Gulbenkian, apresentou-se com um colectivo de 24 coralistas e foi acompanhado por João Barradas (acordeão), Óscar Graça (piano), Nelson Cascais (contrabaixo) e Bruno Pedroso (bateria).

domingo, 14 de julho de 2019

PALÁCIO CADAVAL - Vernissage MUDA de David Arranhado em Évora

Isabel Nogueira
Exposição de Pintura - MUDA
Diana de Cadaval - Duquesa de Cadaval e Anfitriã
Diana de Cadaval e David Arranhado (Artista plástico/pintor)
Os Príncipes Diana e Charles-Philippe d'Oléans
Claudine de Cadaval
David Arranhado, Diana e Charles-Philippe d'Orléans
Exposição de Pintura - MUDA






A decoração e arranjos florais by Carlos Pissarra
Caetana e São Pissarra
Príncipes Carlo Thurn und Taxis
Margarida Regêncio e Gustavo Allen
Pedro Marques e Caetana Pissarra
Jacqueline e Ricardo Pissarra
Alberto Miranda, Isabel Nogueira e Miguel Rodrigues
DeVibe animaram a vernissage e o jantar
Pedro Allué - O médico Argentino que faz a melhor Paella do mundo
Príncipe Charles-Philippe d'Orléans, Viktor Thurn und Taxis, Isabel Nogueira e Philippe Laborde



MUDA
Inauguração da Exposição de Pintura de David Arranhado no Palácio dos Duques de Cadaval em Évora



O Palácio Cadaval em Évora , abriu as suas portas, no passado sábado 13 de Julho, à Inauguração da Exposição de Pintura MUDA de David Arranhado.

MUDA é a quarta exposição, do talentoso artista plástico David Arranhado, nascido há 34 anos em Lisboa, formado em conservação e restauro de pintura mural na Fundação Ricardo Espírito Santo Silva (FRESS) e no instituto de artes e ofícios. Atravessou o Atlântico algumas vezes, para dar continuidade ao seu ofício em Minas Gerais e na Bahía, cidades brasileiras, onde se inspirou e influenciou a sua pintura

«MUDA, é o título da exposição, porque ela fala de uma transição de um lugar para outro, e também de uma adaptação novamente a novos ares, novas cores, novos lugares. Então a melhor forma de o fazer, é trazer um pouco do que tu viveste do outro lado e puderes partilhar isso com alguém, através de pinturas seria perfeito, através de uma série de pinturas, que formam essa transição melhor ainda. A obra chama-se travessar e é formada pelo conjunto das cinco grandes telas, que retratam essa mudança». David Arranhado para o INParties

Tal foi o sucesso da exposição, que em menos de uma hora, já estavam vendidas todas as telas. Haverá novos quadros a par e passo.

Patente até 13 de Setembro 2019.